Pular para o conteúdo principal

Caminhada + pilates: a combinação perfeita para secar gordura e chapar a barriga


Pegamos emprestado do pilates um truque mágico que faz a sua caminhada queimar muito mais calorias (e, de quebra, ajuda a esculpir os músculos do abdômen!). Quer saber como? Simples, basta manter a postura. Confira o nosso plano exclusivo

Calçar o tênis e sair andando já está de bom tamanho. Mas fique sabendo que os mesmos 30 minutos de caminhada podem render muito mais benefícios se você der atenção especial à sua postura. “Se a coluna estiver curvada, a barriga solta e os ombros tensos, há uma sobrecarga muscular – em pouco tempo, o cansaço e as dores aparecem”, adverte Ivo Moraes da Silva, professor de quality run, programa voltado para a corrida na esteira, da academia Competition, em São Paulo. “Mas ao caminhar alinhada, o peso do corpo fica bem distribuído, um número maior de músculos são recrutados, o que proporciona aumento do gasto calórico e excelente definição muscular”, acrescenta o professor. Só que não basta encolher a barriga e estufar o peito feito general para desfilar uma boa postura. A grande sacada é fortalecer o abdômen, o verdadeiro responsável por um porte elegante – durante a caminhada e fora dela. “Não é à toa que, no pilates, chamamos toda a região que compreende os músculos abdominais e a lombar de core ou de centro de força do nosso corpo. O trabalho com foco nesse cinturão ajuda a harmonizar automaticamente o movimento das pernas e dos braços, além de exercitar intensamente a barriga”, ressalta Alfonso Carrillo, professor de Pilates em São Paulo. A solução para melhorar o seu desempenho ficou clara: combinar numa aula inédita e exclusiva a consciência corporal (e a barriga lisinha) que os exercícios de pilates garantem com um treino básico, mas superdinâmico, de caminhada. É o caminho certo para atingir o seu objetivo.

Força na barriga com 15 minutos de pilates

Fazendo estes exercícios quatro vezes na semana antes de caminhar, você será capaz de deixar o corpo alinhado naturalmente. São movimentos que vão ensinar a contrair o abdômen de forma eficiente — primeiro deitada, depois sentada e, por fim, em pé como na hora da caminhada. Sempre que ler ACIONE O CENTRO DE FORÇA, imagine que o seu corpo é uma ampulheta e que, a cada expiração, a cintura se afina tal qual o formato desse tipo de relógio. Isso ajuda o tronco crescer, ficar alongado. Para completar, pense no seu umbigo “colando” nas costas como se você estivesse fechando o zíper de uma calça justa. “Fique sempre atenta ao centro de força. Só assim dá para tirar proveito máximo da aula”, completa o professor Alfonso Carrillo.

- Monotonia, + resultado na caminhada


Esta planilha é especial para acabar com o efeito platô — aquela dura realidade na qual o exercício estaciona. O treino muda todo dia e ora dá ênfase à parte aeróbica, ora exige força nas pernas. “Você vai variar o tempo, a intensidade e o tipo de terreno para turbinar o desempenho e acabar com a preguiça”, explica o professor Ivo Moraes da Silva. As inciantes devem diminuir a parte principal da tabela para 15 minutos. Se estiver escolada na malhação, aumente para 45 minutos. Tanto faz andar na rua ou na esteira. Mais importante: agora que já sabe como ACIONAR O CENTRO DE FORÇA, ative-o durante a caminhada e sinta, na barriga, a diferença.

FONTE: Boa Forma

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre o Studio Pilates na Vila

O Studio atende a alunos de todas as idades e com diferentes interesses, incluindo idosos, gestantes, atletas e crianças, desenvolvendo força muscular, melhora da mobilidade articular, melhora da postura, melhora da performance em atletas, diminuição da tensão e stress. Além disso, o método é eficaz para indivíduos com dores, provenientes de má postura.
O método Pilates trabalha o corpo de forma harmoniosa com exercícios que exigem alta concentração e poucas repetiçõesepor respeitar as particularidades de cada um, não há contraindicações e sim modificações para a execução do movimento. O método procura desenvolver flexibilidade, força, resistência, respiração, consciência corporal,concentração e condicionamento físico. As aulas tem como foco qualidade e precisão dos movimentos, evitando sobrecarga.
As aulas são personalizadas, com no máximo dois alunos por aula, ministradas por profissional da área de fisioterapia, com cursos de especialização no Método Pilates. Cada aluno é submetid…

Seis exercícios de pilates em 20 minutos

Nos últimos anos, a técnica do pilates se popularizou no Brasil graças à eficiência promovida pelos exercícios que atuam em diversas áreas do corpo. Vão da flexibilização dos músculos até a postura da coluna. Criado pelo alemão Joseph Pilates no começo do século 20, a técnica se desenvolveu a partir do conceito da ioga e da observação dos movimentos dos animais. Joseph Pilates, que sofria de raquitismo e asma, criou uma série de exercícios para fortalecer seu próprio corpo. A técnica deu certo e foi exportada para todo o mundo. No Brasil, existem atualmente 8 mil estúdios dedicados à prática do pilates. Embora sejam melhor aproveitados com a instrução de um técnico especializado em uma academia, é possível realizar exercícios práticos de pilates em casa. Com apenas 20 minutos por dia, você vai desenvolver uma harmonia e integração entre corpo, mente e espírito, os princípios dessa prática que cresce cada vez mais em todo o mundo. Exercício da rã O alemão Joseph Pilates tirou muitos e…

Raiva: Saiba lidar com ela e como ela pode te prejudicar

A raiva é um sentimento comum a todos, e acontece até mesmo com as pessoas mais calmas e serenas. Esse estado de irritação pode ser causado por diversos motivos, e quando estamos estressados e cansados ficamos ainda mais vulneráveis a ele.

Ela causa uma série de prejuízos à saúde física e mental como, problemas cardíacos, problemas gastrointestinais, dores de cabeça, derrame, ganho de peso, queda de cabeço, queda na imunidade, tensão muscular, além limitar as boas relações, atrapalhando a vida pessoal e profissional.

Sentimentos considerados vilões, como a raiva, por exemplo, podem ser benéficos se forem canalizados para promover ações construtivas. A raiva causa adrenalina e te deixa mais corajoso, portanto, pode ser utilizada como impulso e motivação para sair da zona de conforto e tomar atitudes que talvez você não tomaria em uma ocasião confortável.

Sentir raiva no decorrer de sua vida é inevitável, pois na maioria das vezes ela é provocada por fatores externos que vão além de se…