Pular para o conteúdo principal

Fisioterapeuta, um profissional humano

Por ser uma profissão de contato constante com seres humanos, requer, além da técnica, conduta ética e tratamento humanizado.


Imagine um profissional versátil. Dotado de habilidades técnicas, científicas, psicológicas, sociais. Esse é o perfil de um fisioterapeuta. Aquele que lida diretamente com pessoas; trata de pacientes lesionados pelos mais diversos problemas de saúde; recebe doentes de diferentes faixas etárias e níveis econômicos em ambientes como clínicas, hospitais, clubes, programas de assistência pública. 

De quem se espera, portanto, sensibilidade – para além da técnica. “A gente precisa de pessoas voltadas para a questão do homem, da humanização, da ética, da conduta. Que entenda o ser humano numa dimensão muito maior que o corpo”, explica o fisioterapeuta há oito anos e professor da Universidade de Fortaleza (Unifor), Alessandro Façanha.

Regulamentado como profissão desde 1975, o fisioterapeuta previne, diagnostica e trata disfunções do organismo humano. Causadas por acidentes, vício de postura, sequelas pós-operatórias ou má-formação genética, os problemas de saúde são tratados com massagem, ginástica e as próprias mãos dos profissionais.

Mas não pense que ser fisioterapeuta se resume a ser massagista. Quem trabalha exclusivamente com a técnica da massagem é o massoterapeuta; no tratamento fisioterápico, ela é apenas uma das constituintes. A categoria considera o termo, inclusive, pejorativo.

Em média, o salário pode variar entre R$1.600 e R$4.000. O mercado é bem amplo, no qual se inclui trabalho em hospitais, centros de reabilitação, clínicas particulares, clubes desportivos, centros de saúde, escolas, indústrias, universidade, faculdades e centros de pesquisa.

O fisioterapeuta Luiz Neto, 49, atua na profissão há 22 anos. Hoje, trabalha no Centro de Reabilitação Funcional do Ceará. Para ele, “a remuneração não é reconhecida. Quem se sobressai são os que se especializam em algumas técnicas”. Como exemplos de especialização em expansão, Neto cita o pilates, o RPG, a osteopatia e a fisioterapia dermato-funcional: “A onda do momento é a garantia da estética, da drenagem linfática. Muitos optam por esse lado. Dá mais dinheiro”.

Em Fortaleza, os cursos de graduação são muitos. O cuidado deve ser na escolha da faculdade. “Devido ao número de faculdades na área, tem muita gente que se forma a cada semestre ”, alerta Neto.

Saiba mais
Alternativas
O fisioterapeuta interessado em trabalhar no interior do Estado pode se candidatar a vagas do Programa Saúde da Família (PSF) e do Núcleo de Assistência da Saúde da Família (Nasf). No PSF, os fisioterapeutas entram nos núcleos complementares. Mas no Nasf, atuam na atenção primária (prevenção) para doenças básicas: controle de postura, de pressão arterial e glicemia.

EM
ALTA


MERCADO
O mercado é amplo na área da saúde da mulher (dermato-funcional), na fisioterapia do trabalho (ergonomia) e no atendimento hospitalar e clínico em terapia intensiva

EM
BAIXA


SALÁRIO
O salário inicial de um fisioterapeuta é R$ 1.670,00 (30 horas semanais). Há quem o considere baixo


FONTE: O POVO

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre o Studio Pilates na Vila

O Studio atende a alunos de todas as idades e com diferentes interesses, incluindo idosos, gestantes, atletas e crianças, desenvolvendo força muscular, melhora da mobilidade articular, melhora da postura, melhora da performance em atletas, diminuição da tensão e stress. Além disso, o método é eficaz para indivíduos com dores, provenientes de má postura.
O método Pilates trabalha o corpo de forma harmoniosa com exercícios que exigem alta concentração e poucas repetiçõesepor respeitar as particularidades de cada um, não há contraindicações e sim modificações para a execução do movimento. O método procura desenvolver flexibilidade, força, resistência, respiração, consciência corporal,concentração e condicionamento físico. As aulas tem como foco qualidade e precisão dos movimentos, evitando sobrecarga.
As aulas são personalizadas, com no máximo dois alunos por aula, ministradas por profissional da área de fisioterapia, com cursos de especialização no Método Pilates. Cada aluno é submetid…

Seis exercícios de pilates em 20 minutos

Nos últimos anos, a técnica do pilates se popularizou no Brasil graças à eficiência promovida pelos exercícios que atuam em diversas áreas do corpo. Vão da flexibilização dos músculos até a postura da coluna. Criado pelo alemão Joseph Pilates no começo do século 20, a técnica se desenvolveu a partir do conceito da ioga e da observação dos movimentos dos animais. Joseph Pilates, que sofria de raquitismo e asma, criou uma série de exercícios para fortalecer seu próprio corpo. A técnica deu certo e foi exportada para todo o mundo. No Brasil, existem atualmente 8 mil estúdios dedicados à prática do pilates. Embora sejam melhor aproveitados com a instrução de um técnico especializado em uma academia, é possível realizar exercícios práticos de pilates em casa. Com apenas 20 minutos por dia, você vai desenvolver uma harmonia e integração entre corpo, mente e espírito, os princípios dessa prática que cresce cada vez mais em todo o mundo. Exercício da rã O alemão Joseph Pilates tirou muitos e…

Raiva: Saiba lidar com ela e como ela pode te prejudicar

A raiva é um sentimento comum a todos, e acontece até mesmo com as pessoas mais calmas e serenas. Esse estado de irritação pode ser causado por diversos motivos, e quando estamos estressados e cansados ficamos ainda mais vulneráveis a ele.

Ela causa uma série de prejuízos à saúde física e mental como, problemas cardíacos, problemas gastrointestinais, dores de cabeça, derrame, ganho de peso, queda de cabeço, queda na imunidade, tensão muscular, além limitar as boas relações, atrapalhando a vida pessoal e profissional.

Sentimentos considerados vilões, como a raiva, por exemplo, podem ser benéficos se forem canalizados para promover ações construtivas. A raiva causa adrenalina e te deixa mais corajoso, portanto, pode ser utilizada como impulso e motivação para sair da zona de conforto e tomar atitudes que talvez você não tomaria em uma ocasião confortável.

Sentir raiva no decorrer de sua vida é inevitável, pois na maioria das vezes ela é provocada por fatores externos que vão além de se…